Banner Vortex Caoscast

Currently Viewing Posts Tagged chaos

Córtex CaosCast – 3 – Manual de Campo do Psiconauta

ABRA O SEU CÉREBRO!
ESTE É O CORTEX CAOSCAST

e na edição de hoje: Manual de Campo do Psiconauta, uma das mais populares e irreverentes obras de magia do caos, totalmente contemporânea e produzida ONLINE!
Esse é um daqueles livros que todos falam e recomendam, mas raramente se debruçaram suficientemente sobre ele ou sequer leram todos os seus ensinamentos. É uma daquelas obras que apresenta profundidade com simplicidade e é capaz de surpreender mesmo os mais velhos na senda com novas perspectivas acerca de exercícios ou de estados de consciência que julgavam já conhecer bem!

Para você que não sabe do que se trata, não se preocupe! O autor disponibilizou a obra inteira GRATUITAMENTE e temos até tradução em português!
Segue o link aqui!

Créditos

SAC – Serviço de Atendimento ao Caoísta

Ajude a imantizar o escathon e Vortex a permanecer no ar em nossa campanha de financiamento no Apoia.se

Vortex Live – 11 – Live Internacional de 2 anos do Vortex

O Vortex é uma propaganda dos multiversos

 

Citados

A fantástica aventura do menino Rodrigo em sebos da terra da Rainha

 

Créditos

  • Edição de Áudio e Arte: Gelo

SAC – Serviço de Atendimento ao Caoísta

Ajude a imantizar o escathon e Vortex a permanecer no ar em nossa campanha de financiamento no Apoia.se

Córtex CaosCast – 2 – Alquimia & Tarot

ABRA O SEU CÉREBRO! Este é o Córtex CaosCast!

No nosso episódio mensal do Córtex selecionamos para ler, analisar e discutir uma obra que nos chame a atenção e dessa vez escolhemos o icônico livro de Robert Place, Alquimia e Tarot!

O Tarot é um assunto que não passa batido por nenhum estudante de esoterismo. Seja de que vertente ou sistema for, o tarot tá ali perto, quase como uma sugestão complementar ao trabalho de estudo e práticas. No entanto não é sempre que vemos esta linha de estudos como carro chefe e área principal de interesses e talvez seja por isso que tenhamos escolhido essa obra. Place faz uma apresentação impecável da história do tarot, desmitificando inúmeros fatos e apresentando fontes históricas e resultado de muitas pesquisas para contextualizar toda a linha do tempo do desenvolvimento do oráculo.

Paralelamente, o autor associa uma série de processos alquímicos com cada um dos arcanos maiores, fazendo a correlação dentro da progressão das cartas, mostrando que do 0 ao 22, transmuta-se a Matéria Prima em Obra Final.

Nós tentamos simplificar ao máximo o vocabulário, apresentando todas as chaves linguísticas, teóricas e conceituais para que você possa desfrutar de toda a riqueza dessa obra alcançando os desígnios da Anima Mundi!

Não deixe de nos contar o que acharam!

Créditos

SAC – Serviço de Atendimento ao Caoísta

Ajude a imantizar o escathon e Vortex a permanecer no ar em nossa campanha de financiamento no Apoia.se!

Vórtex Live – 10 – Anunciação

“Por que você não transforma esse seu Propósito que tanto te pesa como fardo em micro quests e vai lidando com elas progressivamente?!”

 

Este programa é um oferecimento de nossos queridos apoiadores!

Créditos

  • Edição de áudio e arte: Gelo
  • Conceito: Rod

SAC – Serviço de Atendimento ao Caoísta

Ajude a imantizar o escathon e Vortex a permanecer no ar em nossa campanha de financiamento no Apoia.se

Vortex CaosCast – Live – 09

“De onde se espera, no geral, é que não vem nada mesmo”

– Paulo Coelho

Citado

Satariel’s Shroud: Sex, Power and Ethics in Contemporary Thelema

Caos como atitude e postura diante da Magia

Por tradição ‘magia’ é algo que se faz.

Fala-se de Arte, fala-se de técnica, fala-se, sempre, de ‘boas práticas em magia’. Faça isto com aquilo quanto a isso e aquilo outro acontecerá, mas faça deste jeito aqui, caso contrário, você provará o gosto daquilo. No geral, não queremos o gosto daquilo, mas que aquilo outro aconteça. A grande provocação da Magia do Caos é, justamente, partir disso: divirta-se fazendo magia e conseguindo resultados e não necessariamente os que queria, mas os seus resultados. Isto por causa da atitude quanto a ‘magia’. Quem faz magia do caos é antes de mais nada uma pessoa ousada. É alguém que não está, exatamente, preocupada com intenções e agendas que não seja a sua. Caoístas são egoístas? Sim, se estivermos pensando em Raul Seixas, não, se estivermos pensando em Ayn Rand. Isto por causa da postura.

Quem opera magia clássica é alguém que está ocupado com a consecução de uma Grande Obra, da realização de algo grande e importante e soturno e cósmico, por sua vez, quem lança mão do que podemos chamar de ‘magia do caos’ está olhando para alguma outra coisa que talvez seja menos magnânima e não menos comprometida. Aliás, a postura se revela aqui: magistas do caos tendem a formar grupos de pessoas que não estão interessadas no que os confrades estão buscando, mas no como. Seria bem difícil, mesmo que genericamente, esboçar uma resposta para a pergunta: o que querem magistas do caos? Sopra um vento único de liberdade vindo dali que pode ser comparado a sair para brincar lá fora depois de vários dias de chuva incessante: você simplesmente não sabe por onde começar. E aqui é onde começa o caos.

Quando não se tem por onde começar você pode começar simplesmente por qualquer lugar! Não comece treinando concentração: aprenda hebraico. Tente realizar uma meditação em meio a um raivoso show de hard core e experimente êxtase e dissolução em meio a um mosh pit. A atitude vem de não começar uma vida nova com magia, mas de tornar mágicka a vida que você já tem. Magia do Caos não é para convertidos, é para interessados. Assuma uma postura de encantamento diante dos eventos, tome seu lugar no Equinócio dos Deuses e exija tributos pagos em sorvete, caso goste de sorvete. Tente com menos força e não leve as coisas tão a sério, você saiu para brincar, lembra? Quando se está pensando em Caos não se está pensando no oposto a Ordem, que seria desordem. Basta olhar um grupo de crianças brincando num parquinho depois da chuva e verá como elas dão um jeito de organizar as brincadeiras. O que não quer dizer que não haverão atritos ou reclamações. Pessoas ousadas não estão preocupadas primariamente com segurança. Saia para brincar pensando no escorrega, veja que ele está ocupado e divirta-se com seus novos amigos da gangorra. Você saiu para brincar, não para brincar só no escorrega. Volte-se para o que importa e o resto virará acessório. Divirta-se depois contando como conseguiu seus arranhões e amigos novos.

José Lucas ‘Gelo’ da Silva
São Carlos, 03 de março de 2019
Sol 12° Peixes Lua 10 º Aquário Mercúrio 29º Peixes

Vortex CaosCast – 31 – Limpeza Energética

VIVIX VORTEX

Falamos muito em manipulação de energia, mas muito pouco no que isso significa. Parece bem subjetivo e um tanto abstrato quando falamos que essa é uma habilidade essencial e pouco desenvolvida ou explorada nos sistemas de magia com os quais mais temos contato. Continue reading “Vortex CaosCast – 31 – Limpeza Energética”

Vortex CaosCast – 30 – ZOS KIA CULTUS

💫VIVIX VORTEX💫
A Magia do Caos pode ser vista como o ápice dos sistemas de magia moderno. Essa afirmação pode parecer controversa, mas não há nenhuma vertente que consiga sintetizar tão bem o espírito do nosso tempo como o Caos.
A verdade é que o estudante de magia do Caos deve sim conhecer inúmeros outros sistemas, no entanto há um em especial que dá base para todo o desenvolvimento dessa linha de estudos: o Zos Kia de Austin Osman Spare. Continue reading “Vortex CaosCast – 30 – ZOS KIA CULTUS”

Vortex CaosCast -Live #2 – Aquele com o Rodrigo proclamando que Deus é Absoluto

💫VIVIX VORTEX💫
Olá queridos ouvintes!
Esse é um episódio proibido, aquele polêmico que ficou conhecido como:
a Live em que o Rodrigo proclama que Deus é Absoluto. Continue reading “Vortex CaosCast -Live #2 – Aquele com o Rodrigo proclamando que Deus é Absoluto”

Vortex CaosCast – 26 – Meu paradigma, Minhas regras

💫VIVIX VORTEX💫

Quem é você?
Quem é o Mestre que faz a grama verde?
Qual a sua visão de mundo? Ou você não tem uma visão de mundo, o que você enxerga é a realidade absoluta e são os outros quem a interpretam mal? Continue reading “Vortex CaosCast – 26 – Meu paradigma, Minhas regras”